Sexta, 14 de Junho de 2024
21°

Tempo nublado

Teixeira, PB

Geral Vandalismo

Vandalismo em adutora que abastece municípios de Desterro e Cacimbas deixa mais de 15 mil paraibanos sem água

A Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) e a Polícia Científica identificaram vários cortes nos mangotes que fazem parte da estrutura.

05/06/2024 às 17h41
Por: Vitinho Galdino Fonte: Assessoria
Compartilhe:
Foto: Divulgação/Cagepa
Foto: Divulgação/Cagepa

A adutora do açude Coronel Jueca, responsável pelo abastecimento de água dos municípios de Desterro e Cacimbas, no Sertão do Estado, foi alvo de ataques de vandalismo, o que está provocando o desabastecimento de mais de 15 mil paraibanos. A Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) e a Polícia Científica identificaram vários cortes nos mangotes que fazem parte da estrutura.

A Polícia Científica foi acionada para a realização da perícia, já feita e encaminhada à Polícia Civil. “Esse ato criminoso não só causou um grave desabastecimento de água para milhares de cidadãos, mas também gerou um prejuízo financeiro significativo para a nossa empresa e para a comunidade local. É importante ressaltar que a destruição ou danificação de bens públicos é crime, conforme previsto na legislação brasileira. O patrimônio público pertence a todos nós e deve ser preservado para garantir serviços essenciais e a qualidade de vida de toda a população”, comentou o gerente regional da Cagepa nas Espinharas, Jonatas Raulino.

De acordo com o presidente da Cagepa, Marcus Vinicius Neves, a Cagepa já está tomando todas as medidas necessárias para reparar os danos causados e restabelecer o fornecimento de água o mais rapidamente possível. “Além disso, estamos colaborando com as autoridades competentes para identificar e responsabilizar os autores deste ato”, esclareceu. Por enquanto, as cidades afetadas estão sendo abastecidas por carros-pipas.

“Foi um ato de muita covardia desta ou destas pessoas que cometeram este tipo de vandalismo, mas estamos prontos para colaborar com a Cagepa, no sentido de colocar o mais rápido possível o sistema de abastecimento em funcionamento”, disse o prefeito de Desterro, Valtércio de Almeida.

A captação flutuante do açude Jueca, localizado no município de Desterro, tem capacidade de bombear 61 mil litros de água por hora. A Cagepa investiu, com recursos próprios, mais de R$ 6 milhões na obra completa, que beneficia os mais de 15 mil habitantes das duas cidades.

Assessoria/Cagepa

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Desterro - PB
Desterro - PB
Sobre o município A existência de água no local onde atualmente fica a cidade de Desterro foi marco importante para a formação do povoado, uma vez que a região é muito pobre no referido recurso. Os nomes de Manoel dos Reis de Sousa e Silvéria Maria da Conceição, com quem era casado, são tidos como os fundadores do povoado, ao se fixarem no sítio "Entre Rios". O local passou a chamar-se de Desterro devido o cumprimento de uma promessa feita pela fundadora do povoado à Nossa Senhora do Desterro Fonte: Wikipéd
Teixeira, PB Atualizado às 04h06 - Fonte: ClimaTempo
21°
Tempo nublado

Mín. 20° Máx. 33°

Sáb 30°C 19°C
Dom 29°C 18°C
Seg 31°C 17°C
Ter 30°C 19°C
Qua 31°C 20°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Ele1 - Criar site de notícias